"Eu te amo"

Já repararam que a frase que mais ouvimos das pessoas é o "eu odeio"?

E já pararam para pensar no quanto, cada vez mais, estamos vivendo um mundo caótico, repleto de pessoas que apenas vão, sem saber por que vão e para onde vão?

Pois é... enquanto muitos esperavam um 2012 com catástrofes hollywoodianas, eis a nossa realidade, construída no dia a dia, repleta de ilusão, devaneio, ódio e vazio...

Mas este post não é para falar sobre isso. É para compartilhar o novo e recente livro que li, dica da querida amiga Denise Yumi. Um livro que parecia destinado a cair em minhas mãos. E quer você creia em destino ou não, o livro está revolucionando a minha vida!

Não estou aqui fazendo propaganda, porque ninguém me pagou para isso. Estou aqui para compartilhar com vocês esta descoberta que, espero, também auxilie vocês.

O livro se chama LIMITE ZERO foi escrito pelo autor Joe Vitale em parceria com o dr. 
Ihaleakala Hew Len. Conta a história de como Joe conheceu o ho'oponopono da identidade própria, como isso transformou sua vida e como aplicar essa técnica no seu cotidiano.

Recomendo a leitura deste livro. Mas, posso afirmar aqui, as frases que mudam sua vida, principalmente quando você se sentir raivoso, odioso e magoado com qualquer situação.

EU TE AMO

SINTO MUITO

POR FAVOR, ME PERDOE

MUITO OBRIGADO

Para saber mais sobre o Ho'oponopono da Identidade Própria clique aqui. Para conhecer o Dr. Joe Vitale e seu excelente e inspirador trabalho, clique aqui. Para ouvir uma faixa inspiradora para meditação, clique aqui.

Espero que a humanidade ame mais e odeie cada vez menos. Nunca acreditei tão firmemente nisso.

Dica de filme - DREAMSCAPE (Morte nos sonhos)

Preciso escrever mais por aqui, né? Como estou no hiato da crítica aos seres humanos... vou fazer crítica de alguns filmes que gosto. Para começar, este clássico dos anos 80 -- "Morte nos sonhos".

A maioria dos leitores deste blogue talvez nunca tenha ouvido falar ou mesmo visto este filme. Em uma comparação bem tosca, ele lembra "A Origem". A ideia é a mesma, exceto o tempo que separa ambos os filmes (quase trinta anos). Então, parta do pressuposto que é um filme com roteiro simples, ingênuo em vários momentos, com efeitos especiais que na época arrasaram mas hoje em dia não tem graça nenhuma. E tem o galã (sempre na minha lista) Dennis Quaid e a linha senhora Spielberg: Kate Capshaw.

Eu vinha atrás desse filme faz muito tempo. Mas nunca encontrei. Sequer em VHS. Consegui rever recentemente no youtube, em partes, sem legenda. Eis que googleando, achei o bendito à venda! Não pensei duas vezes e comprei.

Não é a master indicação, mas é um filme que marcou minha adolescência. Lembro que achei fantástica a ideia de poder estar consciente nos sonhos e poder manipulá-los. Uma diversão leve e agradável para os cinéfilos de plantão! ^^

Receita de galinhada

Okay, mais uma receita com frango. Não tem jeito... assistir aos programas de competições culinárias e entre chefs me faz ficar com muita vontade de experimentar temperos e combinações! Eis mais um resultado!

Esta semana, a ideia foi fazer a famosa galinhada inspirada na receita do chef Alex Atala (sim, a daquela história da Virada Cultural paulistana que deu problema e confusão...).

Ingredientes:
- 1 kg de frango orgânico [ORGÂNICO] (coxas, sobrecoxas, asas)
- ervas frescas (salsinha, hortelã, manjericão, louro)
- pimentões vermelhos, amarelos e verdes
- alho e cebola picados
- lata de tomate sem pele

- 1 cenoura cortada em cubos pequenos
- 2 espigas de milho
- 1 pacote de ervilhas frescas ou congeladas (não em lata, por favor!)
- arroz parboilizado
- pimenta vermelha picada fininha
- sal


Primeira parte de preparação da receita:
- pique meio maço de salsinha, hortelã e manjericão grosseiramente, várias folhas de louro, 2 dentes de alho e 1 cebola picados grosseiramente junte ao frango e cubra com água até todo o frango ficar mergulhado. Acrescente 1 colher de sopa de sal grosso moído. Faça e deixe marinando por pelo menos 12 horas.

Para mim, quando Alex Atala indicou que essa marinada fosse feita, não achei que teria o resultado que teve. Portanto, para uma comida saborosa é essencial que essa etapa seja feita rigorosamente dessa forma! :)

Preparação:
- use uma panela grande ou, como eu, use uma wok! Adorei cozinhar nessa panela!
- pique 3 dentes de alho bem pequeno e doure-os com 2 colheres de sopa de azeite. Quando o alho começar a dourar, acrescente 1 cebola picada pequena. Refogue.
- quando estiver douradinho, acrescente o frango e sele-o sobre o alho e a cebola.
- Depois de selado, refogue em fogo médio por cerca de 20 minutos. Essa etapa também é essencial para dourar o frango por fora, mantê-lo macio por dentro. Durante esse processo, sempre haverá um pouco de líquido na panela. Enquanto houver esse líquido, continuar refogando o frango.
- pegue a água da marinada e ferva-a mantendo as ervas. Essa água será utilizada para auxiliar no cozimento do frango e do arroz.
- descasque os pimentões: você pode assá-los brevemente no forno ou na boca do fogão. Esse procedimento manterá a doçura do legume e a maciez, além de não ter a indesejável sobra da casca.

Segunda parte:- a seguir, acrescente o milho cortado, refogue por 5 minutos. A ervilha e refogue por mais 5 minutos. A cenoura pré-ferventada. Os pimentões picados, o tomate sem pele e a pimenta.  A essa altura, você terá um delicioso frango ao molho de tomate. Acrescente uma concha do caldo fervido da marinada e deixe cozinhando em fogo alto por 10 minutos ou até secar. Essa fase também é importante para incorporar todos os ingredientes. Teste o sabor. Acrescente sal ou açúcar conforme a acidez do molho.



Parte final:- acrescente cerca de 200g de arroz parboilizado e misture. Abaixe o fogo para o mínimo e deixe cozinhar. Com o caldo fervido da marinada, acrescente água conforme for necessário. Coloque raminhos de manjericão para dar mais perfume. Mexa levemente o arroz a cada 5 minutos para verificar seu cozimento. Acompanhe este processo por cerca de 20 minutos.
- com o arroz cozido, está pronto!

Espero que gostem! Fez MUITO SUCESSO aqui... ^^