LERIGOU — a máxima dos dias de hoje!

LERIGOU, LERIGOU, LERIGOU.

Cansei, gente! Cansei!!!

A vida é tão complicada, né? A vida é tão dura. A gente acorda cedo, toma banho no frio, tenta ficar linda e cheirosa, pega trânsito, ônibus cheio, trem fedido. Vai pro trabalho e encara a rotina, a correria.

E, ainda por cima, só tem gente louca para todos os lados??? PARA COM ISSO! PARA JÁ!!!

Cadê o 'paz e amor'? Cadê o amor incondicional? Cadê a paciência? Cadê a empatia???

Não, gente, não dá! Não dá mais!

Ontem tava uó, querendo matar e morrer. Chorando e ficando com olho inchado. Japa com olho inchado não rola!!!

E nada de autoajuda, orações, macumba na encruzilhada, vodu. Nada, nada disso resolvendo. Aí, você perturba os amigos, maltrata a família, culpa o gato, culpa a Astrologia (HERESIA!). Como assim, gente???

Não tem culpa. Ninguém é culpado!!! Nem mesmo os filhos da puta que te deixaram para baixo são culpados!!! E, olha lá, a culpa não é das estrelas! PAREM DE FALAR MAL DA ASTROLOGIA!!!

A gente tem que fazer igual a Gretchen no facebook. Fica lá todo mundo chamando ela de Dino e etc e o que ela diz? LERIGOU LERIGOU LERIGOU. Sou ryca, sou lynda, sou famosa!!!

LERIGOU!!!! (por favor, sem essa de porra de música do Frozen)

Assim, determino que cansei de me sentir deprimida por gente malcomida, mal-amada, mal resolvida que decidiu me encher os pacová, me pentelhar, me criticar, me julgar, me crucificar, e pegar no meu pé. Pegou no meu pé? Aproveita dá um beijo, porque sou supercheirosa.

LERIGOU!!!

A vida é curta demais para perdermos tempo com tanta gente assim. Essas pessoas se multiplicam e surgem de onde você menos espera!!! 

Então, queridos, fica a lição: NINGUÉM gosta de gente chata chorando reclamando depressiva. Todos amaaaaaam gente feliz. Nem que seja a porra da família Doriana.

Vamos continuar acreditando no coração bondoso de todos! SIM! Por mais inacreditável que pareça, todos têm bons corações. Ele só está escondido. Tão escondido que às vezes nem a própria pessoa sabe!!!! 

E vamos seguindo! Um dia por vez, sempre em frente. Já dizia a canção!

beijinho no ombro!