Um domingo qualquer...

Houve um tempo em que acordava em manhãs de domingo, como esta, ligava o rádio numa estação qualquer, e aquela música que eu mais amava estava tocando! Tudo fazia sentido: a vida era pura alegria, nada parecia fora do lugar, eu respirava um sentimento de plenitude e perfeição.

Hoje em dia, acordo, nem o rádio eu ligo mais. Ainda existe uma estação que toque aquelas músicas lindas que agora são consideradas velhas mas que para mim ainda continuam sendo meus eternos e atuais clássicos? Acho que não...

O tempo muda a cor, os tons, os gostos. O tempo muda tudo. Mais rápido ou mais lentamente, poucas coisas se mantém. Mudar é necessário? Mudar é intrínseco! Observe a natureza e você verá que as paisagens até podem permanecer semelhantes, mas quatro estações se passaram!

Esses dias estive pensando no melhor conselho que meu professor de Astrologia me deu ao ler meu mapa: sua vida é a estrada, você está dirigindo e tem um destino, um lugar que precisa chegar. É uma viagem longa. Nesse tempo, pode chover, pode estar um dia lindo, pode baixar uma neblina, pode ter buracos na estrada. Os obstáculos podem ser rápidos ou podem demorar a passar.

Você tem um objetivo, que é o destino da sua viagem. E você sabe que precisa chegar a esse destino. Diante de um impedimento durante a viagem, o que você faz? Desiste da viagem? Fica à deriva esperando? Não!

Você muda a rota. Você desacelera e dirige com mais cautela. Você usa o gps. Se de uma forma não está boa, VOCÊ MUDA A FORMA. Se de um jeito nunca deu certo, VOCÊ ABANDONA E ESCOLHE OUTRO JEITO.

Parece simples, né? Mas a vida é simples!

Só que quando estamos no meio da neblina, sozinhos, à noite, a vida parece mesmo uma estrada sem saída. Aí, você precisa pensar naquilo que é mais importante acima de tudo: SER VOCÊ MESMO.

A sua natureza intrinseca, a sua alma, a chama mais interna dentro de você sabe o que fazer. Mas nem sempre sabemos mais como acessarmos a nós mesmos.

E, num dia como hoje, um domingo frio, cinza... eu aqui ouvindo essas músicas velhas tão bregas e tão boas, me peguei pensando nisso tudo. Um pensamento em voz alta. Quase um poema narrativo. Um pouco de mim.

-----------
* em breve farei o sorteio dos brindes. Galera não se empolgou muito (aparentemente) mas os que se apresentaram merecem!

** em breve, também, começarei a escrever posts astrológicos em parceria com meus amigos do curso de Astrologia. Serão tópicos simples para todos entenderem o real funcionamento dos planetas por si mesmos e na nossa vida. Astrologia de facebook e de jornal? Só se for de astrólogo de verdade. MUITO CUIDADO com essas páginas genéricas, porque elas são muito tendenciosas quando não falam barbáries!!!