Isabella Taviani e Melissa Etheridge

Uma coisa que esqueci de escrever no post sobre o show de Isabella Taviani foi que a o visual careca mais a energia irradiante me lembraram Melissa Etheridge cantando "Piece of my heart" na cerimônia do Grammy em 2005. Para quem não conhece, essa performance é... uma reencarnação de Janis Joplin sob o olhar de Melissa Etheridge: lindo, intenso, perfeito, perfeito, perfeito!

A careca de Melissa foi porque ela se curava de um câncer de mama. Li várias entrevistas dela contando como foi superar a doença. Ela engordou e ficou careca e adorou o novo look. Vi algumas apresentações desse período e parecia que ela estava com uma felicidade (mais do que ela já demonstra em shows) acima da média. Era a vida pulsante que transbordava dela...

Claro, guardamos as devidas proporções das comparações, porque são contextos totalmente opostos. Mas tem as semelhanças... primeiro que eu conheci -- de verdade -- Melissa Etheridge por causa da Isabella Taviani. Ainda não consegui ouvir toda a gigante discografia da ME, mas é clara a inspiração que IT buscou. Pelas letras tão de amor e de perda tão contundentes. Pelo jeito intenso e passional de cantar...

Então, eis que IT sobe no palco em Rio das Ostras, cantando, pulando, gritando... com aquela mesma vida pulsante transbordando de alegria e energia e eu via porque eu gosto TANTO dessas duas cantoras! E eu via porque escutar as músicas das duas me faz tão bem. E porque eu quero sempre me inspirar nelas para manter -- também -- essa vida pulsante de alegria e paixão dentro de mim!