Música para o dia


Como alguns sabem, me rendi ao encanto da cantora Isabella Taviani.

Linda, com personalidade e presença marcantes, com vozeirão soprano afinado pelas aulas de canto lírico, apesar de tudo - libriana, letras incríveis... o primeiro álbum que ouvi foi o Diga sim, lançado em 2007.

Álbum fantástico que intercala MPB de alta qualidade, estilo Isabella, riscos. Amodoro várias faixas, mas para ilustrar este blog e estes tópicos que trabalhei até agora, escolho a faixa número seis: Iguais.

A despeito do tema, homossexualismo, tem o tema geral: hipocrisia, covardia e fofocas.

Segue a letra.

No dia em que ela se declarou a cidade inteira silenciou
Todos queriam ouvir a resposta
Águias com seus vôos rasantes, urubus a espreita de um pobre instante
Rezando pelo não nas suas costas
E ela cantava o seu amor
Com a sua garganta franca
E ela jurava o seu amor
Com sua garganta Santa
No dia em que a outra decidiu enfrentar o mundo por aquele amor
Sentiu o peso sobre seus ombros
Pai, mãe, filho, irmãos, amigos e um casamento antigo
Julgamentos e seus escombros
Mas elas se amavam tanto que já não cabia engano
Mas elas se desejavam tanto mesmo o futuro uma tela em branco
Nunca foi tarde demais
O medo, a verdade desfaz
Águias, urubus, julgamentos, fobias, força bruta
Tudo é pouco demais
Código civil, onde se viu, nêgo que enrustiu não
separa os iguais.

Nenhum comentário: