Obama 2

Que notícia excelente!

Saiu na Folha de S.Paulo hoje. Disponível para assinantes, trago o texto na íntegra mais abaixo.

Há uma luz!


***

Obama determina corte de emissões de CO2 de carros

Aumento de 30% na eficiência de motores é 1ª regra federal americana contra gás-estufa

Medida, que começa a valer em 2012, exigirá padrão mínimo de consumo de 15,1 km por litro, poupando 1,8 bilhão de barris de óleo

DA REUTERS

O presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou ontem um plano para tornar os carros mais eficientes e para reduzir o uso de combustíveis. É a primeira regra federal americana de combate às emissões de gases de efeito estufa.
As novas regras cortarão em 30% a poluição no setor de automóveis até 2016. Ao lançar o novo plano, Obama estava cercado por executivos da indústria automobilística dos EUA, do Japão e da Europa.
O presidente afirmou que os novos padrões, além de colaborarem para a redução das emissões de gases de efeito estufa para a atmosfera, vão reduzir a dependência dos EUA por petróleo estrangeiro.
"O status quo não é mais aceitável (...). Durante décadas, pouco fizemos para aumentar a eficiência dos carros e caminhões americanos", disse, em discurso na Casa Branca.
A nova norma exige aumentos anuais de 5% na eficiência energética entre 2012 e 2016. Os veículos leves e caminhonetes, por exemplo, deverão rodar em média 15,1 quilômetros com um litro de combustível. Hoje a eficiência média é 10,6 quilômetros por litro no país.
Segundo Obama, isso vai economizar 1,8 bilhão de barris de petróleo durante o programa e evitar a emissão de 900 milhões de toneladas de carbono.
O Congresso americano não precisará aprovar os padrões, que serão implementados por meio de normas federais.

Oportunidade
O aumento do apoio público para o combate ao aquecimento global e o enfraquecimento da empresas do setor -que estão se reestruturando após a crise econômica com a ajuda de recursos do governo- deu a Obama uma janela de oportunidade para impor as regras.
O plano foi elogiado por montadoras e ambientalistas. No entanto, uma das ressalvas é que o preço da produção de um veículo deve aumentar em cerca de US$ 600, em comparação com a legislação em vigor.
Porém, diz Obama, os compradores de carro vão recuperar o gasto com a economia em combustível. "Na verdade, durante a vida útil do veículo, o motorista típico irá economizar cerca de US$ 2.800 com uma melhor milhagem por combustível", afirmou.
O compromisso também resolve uma longa disputa entre o governo federal e o Estado da Califórnia, que adota normas mais duras contra as emissões veiculares de gases-estufa.
Obama disse que uma série de ações judiciais relacionadas aos esforços da Califórnia seriam abandonadas. O governador Arnold Schwarzenegger estava na Casa Branca durante o anúncio, numa demonstração de apoio à iniciativa. "Foi uma grande batalha e o presidente conseguiu trazer todos para marchar na mesma direção."

Um comentário:

aline naomi disse...

Oba, oba, oba! O Obama é uma criança índigo e vai transformar os Estados Unidos em Nausica!! IUHUUU!
Por falar nisso, você já leu o livro, Cris? Postae pra gente! ;)

Beeijo!

Obs: off topic -> vamos montar uma editora?? =D Me veio essa ideia hoje...