Uma nova manhã

Da janela onde estou, visualizo uma manhã meio vanilla sky, com céu azul e vento quase frio. O ar está fresco e úmido na medida certa. Estes dias são os primeiros com esta sensação, depois da pesada turbulência. Você está ao meu lado e eu apenas penso: agora, não há nenhum outro lugar onde eu queira estar. Como diria Joel Barish "I could die right now. I'm just happy. I've never felt that before. I'm just exactly where I wanna be."

Um comentário:

Frau Stu disse...

Fica tranquila que você nao é a unica a temer. Eu teria medo de não tivesse a lua em cancer de calcanhar de aquiles. Agora que eu virei um dragão, ando com uma placa no pescoço: tenham medo de mim. É melhor assim. bj