Dois tópicos

1-) Sobre o assunto Taliban-Uniban.
Eu sempre digo que somos bárbaros travestidos de falsa intelectualidade. O caso da moça Geisy foi um ápice que, se analisarmos bem, nem é ápice assim porque existe muita violência e irracionalismo disfarçados entre as pessoas que caminhamos nas ruas.

Eu li vários textos a respeito, todos com abordagens fantásticas, mas foi este, de Luciano Pires, que resumiu meu pensamento. Adorei ele tê-lo citado a Geni, de Chico Buarque (música apresentada pela minha querida Jana). A fotinha abaixo é do site Dr. Pepper.










2-) Sobre o blecaute.
Ironicamente, somos mundialmente dependentes da energia elétrica. Sem celular, sem como voltar para casa, lembrou imagens do Ensaio sobre a cegueira, com uma cegueira travestida de outra forma. Eu fiquei imaginando se pudesse, olhar acima de toda a atmosfera terrestre, as luzes se apagando. Seria uma bela imagem. Aqui, selecionei uma foto da Folha Imagem, de Ricardo Nogueira. Também segue o link para o álbum da Folha. Belas fotos que constrastam com nossas mãos atadas.



Um comentário:

aline naomi disse...

Quando vi o vídeo da Uniban (tinha uma chamada no site da UOL há alguns dias), fiquei pensando mais ou menos igual a você: "como somos selvagens". Achei interessante o texto que você citou, só não gostei muito do final porque senti que o autor trata a Geisy como "vítima" - também não é para tanto.
Para mim, a garota podia ir pelada, não me incomodaria. Sinceramente penso que cada um deve ter noção do por quê está indo para faculdade. Talvez me sentiria com vergonha alheia por ela não ter noção do ridículo, mas, no fim das contas, quem estaria passando vergonha era ela e não eu, então, não é da minha conta.