Não, preconceito!!!

A única edição do BBB que eu vi foi a primeira. Nunca mais. Por vários e simples motivos: quase nunca vejo tv aberta (se tivesse tv a cabo seria bem diferente), não tenho saco para programas televisivos -- vazios e alienadores.

Mas é impossível ficar alheio à onda BBB que invade o noticiário. Ainda mais quando se trata de falar sobre preconceito em pleno século 21, na era de Aquário! Eis o teste: nossa paciência, nossa tolerância e nossa capacidade de mudar as coisas.

O site do Parada Lésbica tem um texto-coletânea muito bom. Acessem aqui.

E o perfil do twitter do Jean Wyllys (lembra dele?), também nos honra. E deveria escrever um livro.

3 comentários:

Flor disse...

Adoro o Jean, assisti o BBB que ele participou e torci por ele desde o início, sinceramente, é o único que eu lembro (e a Grazi Delícia, claro rsrs).

Beijo, Cris.

Alice disse...

Perdemos mais uma, amiga. Para variar, o OGRO ficou e a sapa saiu. Retrato do Brasil...

Crisão disse...

Um saco isso... q país é este? diria saudoso Renato Russo...