Algumas reflexões (tô precisando)

Esses dias pré-aniversário e tpm, com zilhões de coisas acontecendo simultaneamente têm me enlouquecido!!!

Mas as lições que sempre vem e vão são as mesmas: as pessoas falam muito e fazem pouco. As pessoas se estagnam com facilidade em defeitos e em sua vida pacata e retrógrada, com pouco a oferecer. As pessoas -- sempre as pessoas -- adoram criticar e não aceitam críticas. As pessoas se perdem tão fácil... e arrastam consigo outras pessoas.

Este foi um ano em que terminei vários tipos de relacionamentos. Percebi -- como já vinha sendo ao longo da minha vida, em um crescente cada vez maior -- que não aceito mais a falta de respeito para com a minha pessoa. Claro, diriam alguns, que a falta de respeito é recíproca e sempre originada de uma causa seguida com um efeito. 

No meu caso, eu sempre pondero muito antes de tomar uma decisão. Se por um lado, sou um pouco impulsiva com quem me conhece bem, por outro, sou extremamente ponderada quando se trata de cortar um laço. Porque a decisão é sempre definitiva. Claro, coisas podem acontecer, águas podem rolar e as mudanças inesperadas do destino nunca são controladas pelas nossas próprias mãos. Mas eu tomo um decisão e ele está tomada.

Percebo que poucas pessoas entendem isso. Elas sempre querem enxergar qualquer outro ponto de vista e menos o de tentar se colocar em meu lugar por um único segundo. Criam conjecturas, enredam dramas, quando a verdade está simples e clara diante dos olhos.

Enfiim... a todas essas circunstâncias, meu sinto muito sincero. Eu vou, não olho para trás. Aprendi, a duras penas, que uma canceriana com ascendente em peixes precisa aprender uma razão extracorporal imensa. Precisa aprender a criar uma casca sem deixar de ser sensível. Precisa aprender a ser fria sem ser irracional. Porque todas essas palavras não combinam comigo: frieza, racionalidade. Mas aprendi, ao longo de uns cinco anos para cá, a discernir, a agir corretamente e ter bom juízo da situação. Agora, com o meu novo desafio diante dos meus olhos, espero poder superar a novidade que se prostar diante de mim. Com toda a sensibilidade canceriana (agora que serei uma canceriana com duplo ascendente em peixes e lua em escorpião) que me permitir.

Um comentário:

Mutante disse...

tb sou canceriana, dificilmente corto laços, mas quando os corto também não volto atrás. desejo boa nova fase pra você!