Coisas que a gente perde...

Talvez seja só impressão minha. Queira Deus que as coisas náo sejam assim e que isso seja mesmo apenas impressão. Passageira.

Sinto que as pessoas não têm mais sua essência. Perdemos nossa espontaneidade. Perdemos tantas coisas, na vida cotidiana que levamos. Nossos amigos se tornam emails lidos que nunca são respondidos. Contatos online ou ausentes no MSN que não temos coragem de chamar pra conversar. Linhas de texto na timeline do twitter. Promessas que não são cumpridas. Palavras e tantas palavras jogadas ao vento, simplesmente.

Nosso tempo moderno requer que nossos amigos sejam tão multifacetados quanto a rotina que nos cerca. Claro, no fim, só ficam aqueles fiéis que por um motivo (obscuro) vc não compreende como ainda mantém contato mesmo. Mas mesmo nesses amigos, vc percebe quando é hora de estar presente e quando é hora de se ausentar.

Ultimamente, para mim, tenho percebido um certo comportamento das pessoas próximas a mim. Pode muito bem ser fruto de minha mente perversa, porém não deixo de notar que além de estar usado acentos enfáticos como nunca (minhas frases são repletas de !!! e ???), as pessoas nem acentuam mais.

Nossa única preocupação é "trabalhar". E os que não se encaixam, são cruelmente julgados e condenados ao limbo. Eu já pensei assim um dia. Pensava que quem não madrugava todos os dias era um vagabundo. Que não merecia ganhar o mesmo que aquele que acorda às 10h00. Obviamente, analisando o contexto e a situação, existem casos e casos. Mas no caso em questão, estou me colocando como exemplo.

Aproveitar o tempo com o ócio criativo é visto como pecado nestes tempos capitalistas. E a gente se perde em invejas e mesquinharias... perdendo oportunidades únicas de trocas e aprendizado. Eu olho para alguns dos meus amigos e queria poder ser mais do que sou até para mim mesma, mas não posso. Queria até ser mais amiga do que sou, mas não posso. O que me resta? Este post, que ninguém vai ler. E os sonhos dessas coisas... vão se realizar um dia! Só não sei, ainda, quando.

7 comentários:

Cris disse...

Eu li... rs

Samantha disse...

Eu também li...rs

Isso vai passar...Assim como esse friozinho medonho que estou sentindo...rs (brincadeirinha)...
Se cuida. E excelente terça-f.

Crisão disse...

Mto obrigada, queridas....

Sharlene disse...

Amore... em pensar que o "ócio criativo" enriqueceu JK Rowling, Stephany Meyer e não deixou o Tolkien rico, mas super famoso, né?

Lalah disse...

Ninguém vai ler? Como assim? Muita gente já leu e ainda vai ler! POuca gente pode comentar,mas muitos vão ler... Sabe o que é? Muitas vezes o texto é tão legal que gostaríamos de retribuir com um comentário a altura,e como nem sempre temos a criatividade,deixamos pa lá...
Como sempre adorei o texto,e todos passamos por fases mesmo,o que achamos inadimissível hoje pode ser o nosso comportamento de amanhã.
Beijos Linda

Crisão disse...

Obrigada pela energia boa de vcs... mesmo!

Anônimo disse...

Eu tb li [3] rs ..