Eu e os signos de fogo: atração e repulsa

Tava cá eu aqui a matutar alguns dias sobre Astrologia, um assunto tão recorrente em minha vida. Ganhei alguns mapas novos para interpretar e, como de praxe, voltei para olhar o meu círculo. Aquela coisa aparentemente indecifrável... mas que diz tudo sobre mim.

Já falei aqui inúmeras vezes em como a Astrologia tem sido a minha guia desde 2004. E eu comecei com as mesmas perguntas. E eu lembro quando fizeram meu mapa para mim, pela primeira vez, me dizendo que eu era câncer com ascendente em peixes, eu apenas perguntei, ingênua: "O que quer dizer isso?" A mais básica de todas as perguntas.

De 2004 pra cá muita coisa aconteceu, usei e abusei do autoconhecimento e ainda aguardo o sagrado momento de fazer meu mapa astral com A ASTRÓLOGA. Acho que em muito breve isso ocorrerá! Quando acontecer, venho aqui contar para vocês.

Nesse período todo, a gente vai descobrindo as coisas e tirando várias conclusões. Eu não consigo mesmo conviver com signos de fogo. Desculpa então aos meus amigos e conhecidos de Áries, Leão e Sagitário. Eu juro que me esforço, mas percebo que os relacionamentos não são resultados de esforços, não desse tipo. Uma amizade é natural ou não é. Certo? Comigo e os signos de fogo há uma coisa de atração e repulsa muito forte.

Busquei todos os indícios no meu mapa que me sinalizassem isso. Não há segredo. Falei ali em cima que sou canceriana com ascendente em peixes. E, por mais que eu tenha trocentas coisas em gêmeos no mapa (como tenho), chega uma hora que a aguinha câncer-peixes quer refúgio. Quer mais Astrologia na prática do que isso?

Por outro lado, existe um clique mágico entre mim e os signos de água, principalmente câncer. É impossível eu não me dar bem com um canceriano -- conhecidos como tímidos e extremamente retraídos no início. É como se a gente se soubesse, mesmo saber nada de Astrologia, e coisa flui maravilhosamente.

Agora... signos de fogo? Há quem goste demais dessa impulsividade sem medidas, de falar tudo na lata, sem pensar, de dizer, de fazer, de assumir consequências, tudo assim, num piscar de olhos. Fogo faz, queima, vira as costas e te pergunta por que você ainda está no mesmo lugar?

Claro, existem signos de fogo muito adoráveis, e eu conheci vários exemplos. Mas nenhum deles ficou na minha vida pra AQUELA amizade, sabe? Mesmo eu insistindo. Pra eles é perfeitamente normal ir e vir, o passado é uma lembrança e fica lá. Eles gostam do momento, do que é atual e presente. E costumam viver isso com uma alegria incomparável.

Mas quando irritados, signos de fogo conseguem ser mais grossos que todos os signos de terra juntos. Aí, não tem ninguém que o suporte, mesmo um aquariano mente aberta. E é nessas que eu (ou os signos de água) se ferram, porque pra gente cuidado com as palavras é algo essencial, porque a mágoa dura muito tempo, mesmo se você não tiver usado uma frase em intenção. Você deveria ter pensado, antes de falar.

Agora pergunta para um signo de fogo se ele entende esse mecanismo? Pra ele, isso é tão bizarro quanto perguntar por que chove às 18h00 e não às 19h00. Nada a ver. Na cabeça dele, você estará sendo sentimental e perdendo tempo com besteiras. Não que ele até não te acalente depois, mas sem entender absolutamente nada.

Assim, resumo minha relação com os signos de fogo. Eu gosto da calma lenta e confiante dos signos de água e terra. Até me dou bem com o ar fugidio (quando me esforço). Mas fogo... o fogo é só para quem sabe brincar com ele. Eu, nesse caso, não estou na lista.

4 comentários:

Caroline disse...

ai, poxa, até que eu sou um fogo amigável, vai... deve ser a ascendência em câncer (descobri que não sou leão! UFA!)

beijooo Cris!

Sharlene disse...

Eu tenho muito fogo no meu mapa astral. MAs sou basicamente terra e ar. E me dou muito bem com sagistarianos!!! Muito bem mesmo.
Mãe sagitariana, tenho uma super amiga sagitariana... é um signo fácil para mim. Eu ainda não entendo totalmente o mecanismo dos signos de água e sempre (sempre mesmo!) tenho uma defesa imediata a pessoas de escorpião. MAs depois da resistência inicial, tudo flui naturalmente.

Cristina Kok disse...

Bem, já fiz estes mapas astrais de internet - o que acho deve ser tudo uma furada imensa. Gostaria de ter um mapa astral de verdade. Lá por aquelas bandas disseram que sou áries com ascendente em câncer e, tal como vc quando começou, não tenho a menor idéia do que isso significa.
Só sei que palavras me machucam sim! Que indiferença me incomoda sim! Se pareço não ligar, é só
pra me proteger.

Crisão disse...

Duas arianas com ascendente em câncer aqui?! haha *medo* quero mapa de vocês já! ;-)