Aura (ou fotografia kirlian)

Em minhas leituras pessoais, descobri algo que queria compartilhar com os leitores do meu blogue. Trata-se do conceito de aura e do modo como a fotografia kirlian consegue captar essa "estranha energia" que envolve nosso corpo.

Para muitos, a aura seria o perispírito. Para mim, a aura é um denso e leve campo de energia, que reflete a nossa natureza básica e tudo o que somos e pensamos. Tudo é feito de energia, concorda? A partir desse princípio, não preciso ser crédulo nem cético para ver as fotos kirlinianas e ter certeza de que, mesmo o que muitos olhos não veem, as coisas continuam existindo. E me parece burro argumento perguntar por que objetos têm aura e não apenas coisas vivas... oras, se TUDO é feito de energia, porque um ser "inanimado" não teria aura?

Agora, o mais engraçado sempre é digitar "aura" em um buscador e achar como sinônimos: parapsicologia, pseudociência, misticismo, esoterismo. Artigos de céticos que gostam de ser contra em tudo o que não se encaixa no 2+2=4. As pessoas precisam aprender a treinar a olhar as coisas com menos medo. Não precisa acreditar em tudo o que vê, mas o que custa você tentar ver, de coração aberto, ver o que realmente sente dentro do seu interior, e não o que a sua cabeça manda? Pra fazer isso, não precisa ser religioso nem místico nem nada. Para isso, basta ser humano e ser sensível.

Demorei a achar um vídeo que achasse interessante para compartilhar aqui. Este aqui me pareceu bom.

Nenhum comentário: