Isabella Taviani na Lona Elsa Osborne - o show

Eu já vi quase dez shows da Isabella Taviani desde 2008, quando me tornei fã dela. Se perdi os shows do início da carreira, posso acompanhar passo a passo dela, agora. Com base nisso, devo dizer: este show de hoje, na Lona Elsa Osborne, foi o show mais diferente de todos! Diferente em que sentido? Vou explicar...

Primeiro vamos contar o que é uma Lona Cultural. Sim, Claudia Bertrani, Lona é mesmo uma lona estendida, cadeiras dispostas no centro e um palco. Essa Lona Elsa Osborne tinha um ar condicionado muito agradável, até. Comportou cerca de 500 pessoas muito bem!

Cheguei cedo e as coisas boas foram acontecendo! Primeiro, fui agraciada com uma primeira fila, uma primeira cadeira de frente para o microfone da Isa. Perguntei para a menina que tinha sentado na segunda fila se tinha alguém na frente e ela disse que não. Não? Eu achei que estava reservado. Perguntei a ela por que não queria sentar no lugar mais disputado do show? Porque não, respondeu ela. Muito bem, eu agradeço! rs

Encontro com Robertinha, Jopin Silva, May Lira... e o show começa com Mylenna desfilando suas composições belas. Foram cinco músicas e eu não sei o nome delas ainda, para reproduzir aqui. Impressionante a presença de palco e simpatia dessa mineira que, com certeza, vai longe!

Nisso, entra a poderosa Isabella Taviani com "Meu coração não quer viver batendo devagar". Havia algo de diferente naquela noite, naquele show que estava apenas por começar... com os cabelos novos, bem curtos, mais claros, com uma atitude que é de IT mas que tinha algo a mais... ela começou o show.

A segunda boa coisa que aconteceu foi, num certo momento da primeira música, que ela olhou para a primeirac fila, olhou para mim e me reconheceu... com um leve aceno de cabeça, me deu um oi. E eu, óbvio, morri por dentro e nem conseguia mais tirar fotos! Uma dádiva única, discreta. Um presente maravilhoso que recebi.

O show parecia ruidoso, meio raivoso, uma meia mistura de catarse com combustão de sentimentos. Ela não queria arranjos doces, ela queria o grito da guitarra, o trovão enfurecido do baixo e da bateria, a força potente de sua voz. "Em cada gota de suor", em cada acorde, em cada verso cantado.

Eu queria captar mais do que uma fã é capaz de captar... mas depois da performance dela em "Digitais", nada mais precisava ser dito. Ela vinha, nos últimos shows, fazendo uma versão mais calma e mais doce. Danem-se a calma e a doçura. A IT mais intensa de todas as ITs que eu vi ao vivo, estava ali. Eu nunca me esquecerei dessa performance. Nunca mais.

Ao fim, antes do clássico fechamento do show com "De qualquer maneira", rolou uma cover de "O meu sangue ferve por você" do Sidney Magal por IT e Myllena no palco. Não vi ninguém comentando dela cantando essa música em outras Lonas (pode ser falta de conhecimento meu), mas o vídeo foi gravado e será postado em breve!

Pena que a IT não atendeu ninguém. Ficou o desejo de dar um abraço forte nessa mulher tão romântica e sensível e tão forte ao mesmo tempo. Ficou a vontade de desejar as melhores coisas, porque somente boas coisas podem acontecer para alguém que tem uma energia como ela tem. Ficou o abraço para o próximo show, porque eu quero dar esse abraço em Isabella!!!


Obrigada, IT, por ser quem você é, exatamente assim, sem tirar nem pôr nada. Obrigada por mais esse show único e maravilhoso que eu tive o privilégio de assistir. Obrigada.

5 comentários:

CARLA disse...

Cris, como sempre, arrasou nos seus comentários.....queria ter estado nesse show, por tudo que vc descreveu, deve ter sido MARAVILHOSO....pena vc num ter abraçado a Diwa, mas ganhou um "oi". Bjão.

Lays Camargo disse...

Já estive outras vezes aqui, mas nunca deixava comentário....Acho que tomei coragem agora, ainda mais depois que associei "o nome a pessoa" (hahaha)
Brincadeira, é que não sabia que vc, lá do twitter era a escritora aqui do blog, meio lerda eu, eu sei.
******************

Que cool!
Deve ter sido tão...emocionante ela ter te olhado e reconhecido!!!!
Acho que eu tenho um troço se algum dia ela me reconhesse.
Chances de IT reconhecer Lays = 0.
Beijos moça.
Muito legal blog.

Crisão disse...

Ô minhas queridas... obrigada pela visita ao blogue!

Carlinha, IT é IT e será sempre IT. E nós estaremos eternamente com ela, né?

Lays, obrigada pelas visitas e pela primeira postagem! Guria, IT é de uma simplicidade imensa, que vc nem imagina. Ela sempre reconhece todos os fãs que vão sempre aos shows e a esperam no camarim. Eu tenho a minha "vantagem" porque sou japa, né? rs

Obrigada pelo carinho mais uma vez e por compartilhá-lo! Tudo em nome de nossa querida Isabella Taviani! bjs

Joelma Silva disse...

Cris, Obrigada por estas informações tão preciosas. Eu sou suspeitíssima por falar no som de Guitarra da Isabella, não é à toa que adoro todas as músicas, mas tenho uma quedinha por "IGUAIS".
Meu sonho de consumo é ver ao vivo esta Isabella que só conheci no DVD. Sei que o potencial da IT é infinito, tenho verdadeiras alucinações com a capacidade que ella "esconde" na manga da camisa.
Aproveito pra falar que tô com saudade de você, menina...Vem pra SP em 12/02? Beijão

Crisão disse...

Jô querida... obrigada pelo comentário carinhoso, como sempre! Dia 12/02 não poderei estar entre vcs #DTs mas faço a campanha pra vcs virem pro Rio ver IT no Rival, ein ein ein???

beijos!