O vazio infinito

Em uma tarde como esta,
você pode querer assumir todos os desejos
e distribuir sua libido entre estranhos desconhecidos
um pulo no infinito vazio e escuro
minha alma seria seu subterfúgio
e sua alma seria meu secreto relicário.

Em uma noite como esta,
eu vou querer ir além do óbvio do proibido
e furtar o pouco que resta de você
sou uma alma desesperada gritando no vazio
e não serei mais seu relicário.

Em uma tarde como esta,
não pedirei compreensão, mesmo que a precise
não estarei sozinha diante de meu próprio espelho
e não mais lembrarei de você
com o peso de minha franca consciência
não serei mais nada.

Em uma noite como esta, eu penso
como eu nunca pude sentir saudades suas
e como eu nunca tive nada além do que queria ter
nenhuma surpresa, nenhum susto
distribua seu desejo entre estranhos desconhecidos
e eu pularei no infinito vazio e escuro
de frente.

(14/01/2007)

3 comentários:

Lays Camargo disse...

Lindo, Cris.
Emocionou agora.
=D

Afrodite disse...

Meu Deus vc colocou isso hj pensando em mim né, pq é exatamente como to me sentindo, vontade de pular no infinito vazio e de la não sair mais...aff

Lindo... bjs

Crisão disse...

Obrigada, queridas...