Trilha sonora de hoje: Estranged

Esta música foi o meu principal "hino adolescente" nos anos 90. Ouvir "Estranged" no repeat one do meu walkman (nada de ipods) madrugada adentro, observando estrelas e estrelas cadentes era um passatempo de uma época solitária, vazia... ao mesmo tempo cheia de esperança, sonhos e desejos. Eu era, literalmente, uma garotinha de 14 anos com tanta coisa passando na minha cabeça... e essa música sempre me pareceu tão perfeita.

Os anos se passaram e nada mudou muito, não. Sempre que eu ouvia o refrão "Old at heart but I'm only 28 and I'm much too young to let love break my heart. Old at heart but it's getting much too late to find ourselves so far apart" eu pensava que Axl Rose tinha escrito a música da minha vida. Quando completei 28 anos, obviamente, ouvi essa música à exaustão. E lembro que foi um período de muito expurgo na minha vida.

Hoje em dia, "Estranged" ainda é uma música que mexe comigo. A melodia, os riffs cheios de dor e crueldade de Slash, o solo de piano e a letra... se eu tivesse de fazer um odioso top10 da minha vida, tenha certeza de que esta música estaria lá!

Sempre cacei versões demo para essa música e destaco (até onde consegui ouvir) o piano de Vika e a guitarra de Kobiba. Imagino se eles tocassem juntos... Aqui segue o vídeo de Vika, uma pianista talentosíssima da Islândia. Garota impressionante!


2 comentários:

Sharlene disse...

sempre lembro de vc nessa música. Quando nos conhecemos você sempre dizia o quanto gostava e o quanto escutava essa música.
Bjs

Crisão disse...

U know me, girl...