Um pouco de Astrologia: signos de água

Menção seja feita: acredito que os signos de água sejam os mais incompreendidos do zodíaco.  A má fama é injusta, por um lado, porque generaliza todos os três signos que compõe a tríade da água (câncer, escorpião e peixes) e porque as pessoas se esquecem daquele conceito básico de que somos compostos de cerca de 75% de água. O planeta terra é básicamente água.

A lembrança disso é essencial para fazer os mais leigos entenderem e, de alguma forma, pararem apenas de repetir o que os outros dizem. Pare e reflita um pouco. Essa reflexão não é para convencimento a respeito do que penso, muito pelo contrário! É apenas para abrirmos as nossas mentes. Nada mais motivador e saudável.

Toda essa má fama que os signos de água levam é por causa dos sentimentos. Intensos e por vezes levados às últimas consequências, as pessoas de água são as que mais perdem o controle do que devem sentir e do que devem dizer e falar. São os mais sensíveis, os mais sensitivos, os mais emotivos, os mais empáticos, os maiores transmutadores e transformadores.

A água é o elemento que precisamos quando queremos nos tornar uma outra pessoa, quando queremos exorcizar nossos demônios. Quando abraçamos alguém em silêncio ou quando recebemos um presente inesperado -- eis uma água em ação. Quando queremos uma sopa quente numa noite fria, quando esperamos compreensão depois de um dia difícil, quando queremos apenas o aconchego de um doce olhar... é da água que recebemos tais dádivas.
A água é o caminho da meditação, da paz interior, do contato com o seu eu mais profundo, de aprender a ouvir a intuição. É tudo o que não é palpável... apenas sentido. E sentido em todos os níveis de corpo, mente e alma.

Infelizmente, os bilhões de seres humanos habitam o mundo, quantos são aqueles que conhecem a si próprios? Quais são aqueles que encaram os próprios defeitos e qualidades? Quem tem o autojulgamento (não automutilação) e discernimento? Somos todos eternos aprendizes. Todos. E não é diferente para com os signos de água.

Vivemos numa sociedade em que somos treinados desde muito cedo a agir conforme tantas regras. Regras que nos tolhem, que nos diminuem e nos tatua com convenções. Desde cedo, somos esmagados para esconder nossas emoções. Mostrar sentimentos é fraqueza. Ser sensível é coisa de gay. E por aí vai... assim, as pequenas crianças de água crescem e se transformam em indíviduos cujo autoconhecimento sobre os próprios sentimentos está totalmente desequilibrado.

Por que falei tudo isso? Porque conheci algumas pessoas de água que pareciam verdadeiras pedras de gelo. E isso é muito mais comum do que se imagina. Ou vemos pessoas de água dramáticas ou vemos pedras de gelo ambulantes. Ao contrário, também conheci pessoas de câncer verdadeiro nutridores do mundo. Piscianos poetas. Escorpianos excelentes líderes.

Uma água sem autoconhecimento torna-se uma "Felícia" da vida. Ou uma pessoa sem autoestima alguma, cuja vida é apenas dedicada à entrega ao outro, sem medida. Ou uma pessoa amarga, seca, dura que critica, julga e condena. Vou me dar como exemplo: sou canceriana com ascendente em peixes. Eu tive muita sorte de nascer e viver numa família que, apesar dos pesares, me deu a educação básica necessária para enfrentar a "dureza" do mundo lá fora. Porque na cabeça de uma pessoa de água, esse mesmo mundo não tem pessoas que prejudicam umas às outras.

Penso que precisamos aprender a desenvolver e a saber lidar com a água que todos nós temos. Acredito que com isso a intolerância que vejo -- tão grande e tão injusta -- para com cancerianos, escorpiões e peixes será transmutada em pessoas mais criativas e compreensivas. Com aquele sentimento cada vez mais raro hoje em dia: empatia. A empatia -- capacidade plena de se colocar no lugar do outro -- é desígnio dos signos de água. E algo que todos nós precisamos ter.

Próximos capítulos: signos de ar e fogo.

2 comentários:

Afrodite disse...

Pois é Cris nós de água sempre somos vistos como os coitadinhos onde todos enganam ou egoístas, e não bem por aí, sou peixes com ascendente em sargitário, creio que por isso consigo ter um controle tanto da emoção como a razão, mas sempre, sempre mesmo ante de julgar alguém eu me ponho lugar da outra pessoa, assim fica mais fácil de enteder o que cada ser pensa, o pq cada um tem uma determinada reação, creio que se todos tivessem essa visão o mundo lá fora seria muito melhor de se lidar.

Beijos e adorei

PS: gostaria de saber mais sobre meu signo e ascendente se puder me falar fico grata!

Crisão disse...

Queridona! Entra no site do Personare (nao sei sei já conhece...) www.personare.com.br. Eles fazem mini-interpretações gratuitas fantásticas, viu? ^^