Trilha de hoje: Pontos Cardeais

Eis a canção perfeita para exatamente o que sinto hoje, agora, neste exato segundo.
Toda vez que ouço esta música, sei o que eu e Isabella Taviani temos em comum. E, admitir isso, dói, dói, dói, dói... dói tanto. Mas esta letra é tanto o que sou. Como negar isso? Como negar a parte mais carnal minha? A mais canceriana-pisciana? Não dá para negar, não nego. Posto esta música, digo quem sou, choro. E sigo a vida...

Nenhum comentário: